Telefone0800.600.4780 ou (43) 3026.4780, de seg. à sex, das 08:45 às 18:00 Whatsapp (43) 98427.4203

O QUE É UM CONTRATO FUTURO DE DÓLAR?

A compra da moeda americana não é a única forma de se investir em Dólar.

Os Contratos Futuros de Dólar têm como objetivo garantir a compra ou venda de certa quantidade dessa moeda a um certo preço em determinada data futura. Para uma empresa exportadora, a queda do dólar pode trazer prejuízos. Assim, ela se protege comprando contratos que garantirão o preço de negociação da moeda independentemente do preço de mercado. Uma empresa importadora, do mesmo modo, vende contratos de dólar a fim de que tenha um preço justo nas mercadorias mesmo que o dólar suba.

Do ponto de vista do investidor, o Contrato Futuro de dólar é uma forma de remunerar seu capital através da expectativa de queda ou alta da moeda em determinada data futura. Os Contratos Futuros de Dólar e os Minicontratos Futuros de Dólar são negociados como qualquer outro ativo e podem ser comprados e vendidos no próprio home broker.

QUAL É A RENTABILIDADE DO CONTRATO FUTURO DE DÓLAR?

A lucratividade do Contrato Futuro de Dólar tem a ver com a oscilação do câmbio no Brasil bem como a expectativa de como estará esse preço no futuro. Portanto, trata-se de renda variável e não há como se dizer ao certo quanto se vai lucrar com esse investimento. Inclusive se acontece a compra de Contratos Futuros de Dólar e o Dólar cai, realiza-se prejuízo.

Por isso, o uso mais difundido no mercado é fazer proteção de dívidas em dólar. Imagine que você tem uma dívida de R$ 10.000 e que precisa ser paga daqui a um ano. Você tem medo que o dólar dobre de preço até lá. Assim, compra-se contratos de dólar com um preço mais atual. Depois de um ano, mesmo que o dólar tenha de fato dobrado de preço, pode-se comprar a moeda pelo preço acordado e pagar a dívida com um valor, em reais, de um ano atrás.

Entretanto, os contratos futuros de Dólar poderão ser usados também para alavancagem e especulação no mercado.

PARA QUEM É INDICADO O CONTRATO FUTURO DE DÓLAR?

O Contrato e o Minicontrato Futuro de Dólar são renda variável. Se eles não são usados como proteção à variação cambial, trata-se de tão somente renda variável. Por ser renda variável, são indicados apenas para aqueles investidores cientes da volatilidade do mercado, das possibilidades de perdas ou de lucros insatisfatórios, capazes de suportar a variação de preços que pode ser intensa até o vencimento do contrato.

QUAIS OS RISCOS DE INVESTIR EM CONTRATO FUTURO DE DÓLAR?

O risco é inerente às políticas econômicas do País e do mundo. Os preços dos Contratos e Minicontratos Futuros de Dólar variam de acordo com o câmbio da moeda e com a expectativa do preço do Dólar em uma data posterior. Assim, trata-se de renda variável e o investimento pode apresentar uma oscilação nem sempre de acordo com o esperado.

COMO É A TRIBUTAÇÃO DO CONTRATO FUTURO DE DÓLAR?

Como em outros contratos futuros, incide Imposto de Renda e o recolhimento é de responsabilidade do investidor.

A alíquota é de 15% sobre a soma algébrica dos ajustes diários (se positiva). A apuração se dá quando do encerramento da posição. Há também 0,005% retido na fonte sobre a soma algébrica dos ajustes diários (se positiva).

Para operações de day trade (operações em que a compra e a venda do contrato acontecem no mesmo dia), a alíquota do Imposto de Renda é de 20%, mais o imposto na fonte, uma alíquota de 1%, se a soma for positiva.

Taxas de corretagem, taxas da bolsa e emolumentos podem ser deduzidos.

COMO FUNCIONA O CONTRATO FUTURO DE DÓLAR?

É preciso que você tenha conta em uma Corretora de Investimentos. Os Contratos Futuros são negociados normalmente como qualquer ativo, via home broker.

No caso dos Contratos Futuros de Dólar, há uma margem de garantia – um valor em dinheiro, normalmente equivalente a 15% do total investido, que precisa estar depositado a fim de garantir que não haverá inadimplência em caso de prejuízo – e também os ajustes diários: os investidores pagam e recebem diariamente prejuízos e lucros, de acordo com a correção do valor do dólar em relação ao preço negociado nos contratos.

O código do Contrato de Dólar é formado por DOL mais a letra correspondente ao mês de vencimento do ativo e os dois últimos dígitos do ano do vencimento do contrato.

Assim, um contrato que vença em setembro de 2018 tem o código DOLU18.

A cotação do Contrato Futuro de Dólar é expressa em Reais por US$ 1000. Cada contrato equivale à negociação de US$ 50 mil e o lote padrão são 5 contratos ou US$ 250 mil.

QUAIS OS TIPOS DE CONTRATO FUTURO DE DÓLAR?

Nem todo o mundo tem o equivalente a US$ 250 mil para investir. Por isso, foram criados os Minicontratos Futuro de Dólar. Além de valerem 20% de um contrato cheio, pode-se investir em apenas um (o contrato cheio tem lote mínimo de 5). Assim, com o equivalente a US$ 10 mil já é possível fazer esse tipo de investimento.

O código do Minicontrato Futuro de Dólar é WDO mais a letra do mês de vencimento e os últimos dois dígitos do ano de vencimento. Um com vencimento em setembro de 2018 tem o código WDO U 18.

VANTAGENS E DESVANTAGENS DO CONTRATO FUTURO DE DÓLAR

Vantagens

  • Em caso de dívidas em dólar, é a melhor maneira de garantir que não se pagará um preço exorbitante no futuro, garantindo um preço aceitável para moeda ainda que o câmbio suba.
  • Possibilidade de investidores remunerarem seu capital através da expectativa de alta ou queda do câmbio.

Desvantagens

  • Ajustes diários: os lucros e prejuízos são realizados diariamente.
  • Imposto de renda.
  • Necessidade de ter uma margem de segurança depositada.
  • Alto risco devido à volatilidade do câmbio.

Você também pode assistir nossos vídeos sobre contratos e mini contratos em Dólar! Confira!


[contact-form-7 404 "Not Found"]